Aumento na tarifa de energia
Bandeira vermelha


Você deve ter notado que sua conta de energia sofreu um grande aumento nos últimos dois meses.

Isso esta o correndo ao baixo volume de chuva, com o menor volume em mais de 90 anos e os reservatórios das principais hidrelétricas nos menores níveis desde o grande apagão de 2001, o governo está sendo obrigado a acionar volumes vultuosos da energia de reserva do sistema brasileiro, fornecida basicamente por termelétricas.

O problema é que essas usinas termelétricas são abastecidas a gás, carvão ou óleo diesel, tornando a produção de energia mais cara e elevando assim a tarifação que é cobrada na conta de fornecimento do consumidor.

Isso esta o correndo ao baixo volume de chuva, com o menor volume em mais de 90 anos e os reservatórios das principais hidrelétricas nos menores níveis desde o grande apagão de 2001, o governo está sendo obrigado a acionar volumes vultuosos da energia de reserva do sistema brasileiro, fornecida basicamente por termelétricas.

O problema é que essas usinas termelétricas são abastecidas a gás, carvão ou óleo diesel, tornando a produção de energia mais cara e elevando assim a tarifação que é cobrada na conta de fornecimento do consumidor.

 Você sente essa diferença quando é acionado a politica das bandeiras tarifárias. Atualmente estamos sendo tarifados pela bandeira vermelha patamar 1, mas isso será reajustado para bandeira vermelha patamar 2 em breve.

Mas o que isso muda no seu bolso?

Muita coisa!

Abaixo temos a tabela de tarifação fornecida pela ENEEL, mas você pode conferir o valor tarifário da sua região acessando o site da distribuidora local. 



Você pode consultar mais informações sobre as alterações nas tarifas no site da Enel ou no site da sua distribuidora local.  

Qualidade

Compartilhar

Semana do Meio Ambiente
Restauração de Ecossistemas